*******

*******
A SAUDADE É A NOSSA ALMA DIZENDO PARA ONDE ELA QUER VOLTAR...

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Secretária em romance cor-de-rosa...


O som dos meus tacões ecoa pela sala, onde estás sentado ao computador; entro com uma chávena de café a fumegar, cheguei antes de ti para o preparar exactamente como tu gostas!
Levantas os olhos para me ver enquanto falas ao telefone... a tua voz treme um bocadinho, um segundo de desconcentração quando me vês com a minha pencil-skirt preta, a camisa branca um pouco masculina a contradizer o feminino da saia e dos meus sapatos peep-toe negros... voltas a ti, à conversa de trabalho, mas não tiras os olhos de mim...
Pouso o café na mesa, ao teu lado, inclino-me e aproximo-me perigosamente da tua boca... quase a beijar-te, atrapalhas-te novamente e tens de pedir desculpa à pessoa no outro lado do telefone:
-A ligação falhou, não consegui ouvir o que disse...
Sorrio e afasto-me....
Vou até à outra mesa e entretenho-me a arrumar uns papeis que estão espalhados, de costas para ti inclino-me para conseguir apanhar uns papeis mais longe... olho-te... vejo a vontade que tens de acabar o telefonema rapidamente!
Deixo cair os papeis... um acidente... sabes como sou desastrada! Ponho-me de gatas no chão para apanhar tudo... o telefonema continua... reviras os olhos e bufas... eu sorrio outra vez sempre a olhar-te daquela forma que tu gostas...
O telefonema finalmente acaba... Digo-te:
- Bom dia Senhor F.
- Bom dia Miss C. - respondes com um sorriso de lábios mordidos.
- Hoje temos um dia cheio de trabalho pela frente, Senhor F., reuniões logo a seguir ao almoço que precisam de ser estruturadas, muito telefonemas a fazer, quinta-feira aproxima-se e é preciso tratar dos últimos detalhes da acção que vai acontecer. Dia cheio de coisas... 
- Humm... sim! Estes últimos dias têm sido muito cansativos Miss C.
Levanto-me muito devagar e aproximo-me de ti:
- Talvez seja melhor começar o dia com uma pequena massagem para aliviar o cansaço e preparar-se melhor para o que vem aí, não me importo...
- Oh, isso seria maravilhoso mein schatz...
Ponho as minhas mãos nos teus ombros e começo a massajar-te... gosto do teu cheiro, mas não to digo, em vez disso desço com o meu nariz até ao teu pescoço, toco-te muito ao de leve... viajo pelo teu cheiro até a minha boca encontrar a tua pele e te beijar muito suavemente, um murmúrio de beijo... arrepias-te... continuo a beijar-te até chegar à tua orelha... arrisco mais, deixo a minha língua saborear-te... agarras a cadeira com mais força... sussurro-te ao ouvido muito baixinho:
- Ich liebe dich!
Olhas-me e assim, sem dizer nada pedes-me um beijo... a minha boca perde-se na tua... as nossas línguas encontram-se e os nossos corpo juntam-se num abraço... o meu corpo desce para se sentar no teu colo... as minhas mãos tocam-te a nuca... as tuas nas minhas costas... nas minhas ancas... puxas-me para ti e o calor dos nossos corpos aumenta... o sangue corre mais forte nas veias...
Viajas pelo meu corpo, tocas-me as pernas e procuras em mim os segredos... abro as coxas... quero-te!
Toco-te e procuro os teus segredos também... as minhas ancas movem-se para ti e por ti...
Desapertas-me a camisa, encontras a minha lingerie e mordes os lábios de prazer... sabia que ias gostar!
- Senhor F., talvez esta não seja a melhor forma de passar as horas de expediente...
- Miss C., não quero saber de mais nada senão do teu corpo!!!
E beijamo-nos outra vez, um beijo intenso e longo, cheio de amor e desejo, a minha língua e a tua são uma... o nosso cheiro mistura-se e confunde-se...

E... 

...alguém bate à porta...

Paramos, a arfar, olhamos um para o outro, saio do teu colo, aperto a camisa, arranjo a saia, o cabelo, arranjas-te também e respiras fundo...
- Eu vou lá. - digo-te.
Saio da sala e vou à porta. Volto 5 minutos depois, estás sentado a tentar parecer profissional e calmo... solto uma gargalhada e não percebes porquê...
- Senhor F., eram testemunhas de Jeová!
- Caralho!!! - e ris-te comigo - Talvez seja uma mensagem divina a dizer-nos que talvez seja melhor parar Miss C.
- Sim, suga', continuamos em casa... - dou-te um beijo pequenino, de fugida e vou sentar-me na minha mesa. 
Passamos o resto do dia a olhar-nos quando ninguém está a ver, a roubar beijos um ao outro... a morder os lábios... a pensar em chegar a casa... e aí ninguém pode entrar... schuuuuuu....

2 comentários:

Mr. Mojo Risin' disse...

Miss C., voce e a secretaria mais profesional que existe neste universo, super organizada e sem voce nao quero mais viver!!!!!!!

Senhor F. ( a bufar de uma forma nunca sentida!!!)

e talvez pra proxima tocam os helders,ehehe!!!

Miss Keatch disse...

Fiquei dividida entre os helders e as testemunhas, mas pareceu-me mais provável que fossem elas a bater à porta... os helders talvez apareçam num dia em que estejamos no parque Senhor F... Adoro trabalhar para si!

gggggrrrrrrr... miauuuuu....