*******

*******
A SAUDADE É A NOSSA ALMA DIZENDO PARA ONDE ELA QUER VOLTAR...

quinta-feira, 19 de abril de 2007

A coquette, a freak e a estúpida!!!














Freak! Freak! Freak! Dizias tu, com esse teu ar aprumado de sabichão bem vestido que tão bem te fica; cada vez que ela passava com o casaco de malha a cair por ela abaixo, com aquela imitação rasca de cabelo à "Blondie" e com a sapatilha da moda, gasta em casa para parecer comprada em segunda mão.
Atrás a estúpida, a que não parava de falar, da vida dela, da dos outros, aquela? Lembras-te? Que não parava de lançar opiniões sobre a vida alheia em tom suficientemente alto para que toda a gente ouvísse e pudesse apreciar.
E eu? Perguntei. Também tenho um bocadinho ar de freak e às vezes também sou estúpida...
"- Tu? Tu és uma coquette! Com esses brinquinhos e com essas pulseiras não enganas ninguém..."
Obrigada...

2 comentários:

alfredo disse...

a freak, a estúpida e a coquette... porque só é coquette quem pode e não quem quer, minha cara!

e que continuem as outras a raspar sapatilhas e a cagar pela boca - porque também isso existe e também isso é triste...

e que continuemos nós a rir-nos do alto das nossas tamancas. porque o céu é grande e só é deus quem pode!

teu,
alfredo.

Miss keatch disse...

Miss keatch said...

"Moi, moi je me prenais pour moi
Et quand vers minuit passaient les notaires
Qui sortaient de l'hôtel des "Trois Faisans"
On leur montrait notre cul et nos bonnes manières
En leur chantant

Les bourgeois c'est comme les cochons
Plus ça devient vieux plus ça devient bête
Les bourgeois c'est comme les cochons
Plus ça devient vieux plus ça devient c..."

jacques brel
Porque nós podemos!!!
Tua Sílvia